[FP] Phantomhive, Ysefera Louise

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Phantomhive, Ysefera Louise

Mensagem por Louise Y. Phantomhive em Seg 30 Jun - 18:53:38



Loui Phantomhive

NOME
Louise Ysefera Phantomhive

IDADE
Vinte e cinco anos

FILIAÇÕES
Arthur e Angela Phantomhive. (Falecidos).

OUTROS PARENTES
-x-x-x-

CARGO
Docente.

SANGUE
Puro.

NACIONALIDADE
Rússia
PERSONALIDADE

Louise é o tipo de garota que esta sempre sorrindo. Sempre encontra algum motivo para estampar em seus lábios um doce e sincero sorriso. É sempre simpática, atenciosa, carinhosa e amigável com todos que se aproximam dela. Não se importa com o que as outras pessoas pensam sobre ela. Assim como teve atitude para pintar seus cabelos de verde, ela possui atitude para encarar qualquer problema de frente. Mesmo tendo sofrido em sua vida ela jamais se deixou abalar. Sempre permaneceu forte. Não é o tipo de pessoa que sofre em aberto, sempre sofre em silencio, para si mesma. Não gosta de se abrir com ninguém. É extremamente desconfiada, mas quando confia em alguém ela é capaz de tudo por este ser.
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS
Cabelos verdes com as pontas rosadas e algumas mechas negras. Pele branca como a neve e suave como seda. Olhos em um tom de verde claro. Em torno de 1.70 de altura e exatos 68kg.
HISTÓRIA DO PERSONAGEM

— Louise nasceu no dia 2 de novembro de 1992;
— Foi inicialmente criada por seus pais na Rússia;
— Aos oito anos se mudou para Londres;
— Morou em uma mansão exageradamente grande com seus avós paternos;
— Até dois dias antes de ela completar onze anos seus avós achavam que ela era uma aborto;
— Na madrugada do seu aniversario de onze anos ela recebeu sua carta de Hogwarts;
— Estudou apenas um ano em Hogwarts e pertenceu a corvinal;
— Mudou-se para França com a avó e foi transferida para Beauxbatons;
— Três anos depois ela voltou para Londres e voltou a estudar em Hogwarts;
— Nos dois últimos anos letivos foi a monitora da corvinal;
— Jogou um ano no time de quadribol da corvinal;
— Quando saiu da escola voltou para Rússia;
— Dois anos após ter voltado para seu local de nascença presenciou a morte de seus pais;
—Algum tempo depois Louise retornou a Londres para morar com sua prima em um apartamento.
DESAFIO DE CARGO


O sol estava se pondo. O céu era pintado por tons de roxo, laranja, vermelho, amarelo e azul. Olhei pela janela da minha sala por alguns momentos, admirei aquele céu tão lindo. Eu realmente amava ver o por do sol. Se dependesse de mim eu não iria sair dali tão cedo, mas era necessário. Mordi meu lábio inferior enquanto vestia meu sobretudo negro. Sempre gostei de usa-lo, e agora, eu o usaria para fazer algo que com toda a certeza eu amava. Eu o usaria para dar aula, não qualquer aula. Mas uma aula de astronomia. Peguei em minha cama um caderno e alguns pergaminhos, empilhei eles em meu braço e verifiquei rapidamente se minha varinha ainda estava no bolso do meu casaco. Felizmente ela se encontrava ali, sorri saindo do quarto e seguindo para a sala de aula. 

No caminho não havia tantas pessoas, o penúltimo horário do dia eu tive vago, o que me deu algum tempo para relaxar, comer alguma coisa e preparar o material para o próximo horário. Meus passos eram suaves, de forma alguma eu gostaria de causar ruídos que fossem atrapalhar as aulas que estavam sendo concluídas naquele momento. Fechei os olhos por alguns minutos, senti a doce brisa do fim de tarde adentrar por uma janela. Respirei fundo deixando que o sorriso em meus lábios se estendesse cada vez mais. Abri os olhos continuando a caminhar, durante todo o caminho reparei nos quadros que se moviam e respondi aos “boa noites” que recebia. Não demorou muito para que eu chegasse ao corredor da sala que eu usaria naquela noite. Aliás, na primeira noite do dia letivo. Suspirei levemente e finalmente apressei meus passos, não iria demorar para que os alunos chegassem e eu ainda precisava organizar algumas coisas. Encostei-me na porta da sala e a empurrei com os ombros. Felizmente o zelador havia feito o que eu pedira e deixara a porta apenas encostada. Assim que passei por ela depositei todos os materiais que carregava até então sobre uma das carteiras, virei-me para a porta e a encostei novamente. Meu olhar foi atraído por um relógio que ficava logo acima da mesa que logo logo eu usaria como minha. ” Cinco e quarenta e cinco... Logo essa sala estará cheia. Preciso me apressar...” 

Puxei o material que havia deixado sobre a carteira e caminhei em direção a minha mesa, subi os dois degraus que ali havia. Depositei os pergaminhos e o único caderno na mesa, virei-me para o lugar onde as carteiras estavam. Olhei-as por algum instante, aquela formação de fileiras não me agradava, nem um pouco. Em um segundo eu já estava mexendo nas carteiras e as deixando em formato de circulo. Desta forma eu veria todos os rostos, ao menos era isso que eu estava esperando que ocorresse. Engoli em seco, não era tão fácil organizar uma por uma, mas finalmente eu havia conseguido. Virei-me para o quadro, tombei levemente minha cabeça para o lado esquerdo o observando, ele estava um pouco torto, não que me incomoda-se, mas se ele continuasse naquela posição os discentes poderiam encontrar dificuldade para ver algo que eu decidisse escrever. Fui até o quadro e o virei levemente, fazendo assim com que ele ficasse reto. Enquanto eu mexia nele ouvi o som da porta ser empurrada. Não havia somente um aluno, mas vários deles e pelo que eu podia ver, estavam bastante energéticos. Apontei minha varinha para a mesa onde havia alguns giz. — Wingardium Leviosa!— O giz levitou até estar próximo de mim, sorri de canto o pegando e voltando a colocar minha varinha dentro do bolso.

Virei para a frente a fim de ver os meus novos alunos, novos e primeiros alunos. Quase todos estavam sentados, alguns estavam de pé conversando. Este é o pior em adolescentes, nunca sabem quando não devem conversar. Puxei novamente minha varinha e a apontei para a porta.—Flipendo!— Com um alto e forte baque a porta se fechou, todos viraram-se para mim, eu segurava minha varinha com uma mão enquanto mantinha meus braços cruzados. Em minha face ainda existia a expressão doce que sempre fora minha “assinatura”. — Boa noite pequenos. Sentem-se por favor.— Enquanto esperava que todos acatassem minha ordem, virei me para o quadro e comecei a escrever nele. A letra era grande o suficiente para que todos vissem, logo abaixo da letra grande que compunha meu nome escrevi abaixo a disciplina que eu iria lecionar. — Como esta no quadro, meu nome é Louise Ysefera Phantomhive. Ensinarei para vocês sobre o mundo maravilhoso da astronomia.— Apontei minha varinha para um local um pouco acima das janelas. — Diffindo!— Do topo caiu uma lona grande, toda a sala se tornou escura. Como eu havia pedido para o zelador imagens de planetas, constelações e mais objetos de estudo da astronomia surgiram nas paredes. Sorri para os alunos enquanto os via olhar as paredes.

— Como é a nossa primeira aula juntos acho que devemos nos divertir. Mas, terão uma atividade no final da aula.— Caminhei até minha mesa e me sentei sobre ela, cruzei as pernas mordendo minha boca enquanto tentava me lembrar de algo. Eu sorria boba vendo todas aquelas carinhas felizes com o que eu preparara para eles. — Peço que de forma organizada cada um diga seu nome, idade e a casa a qual pertencem. Se quiserem, apenas se quiserem, façam um comentário sobre o que veem nas paredes. Cruzei os braços enquanto meu pé esquerdo balançava para cima e para baixo num ritmo calmo. Não foram gastos mais de dez minutos para as apresentações, no fim eu me levantei da mesa e comecei a caminhar por trás de cada aluno. — Agora que as apresentações foram feitas e creio que tenhamos nos divertido com os comentários quero que copiem o que irei colocar no quadro. Voltei-me para o quadro, peguei o giz e comecei a escrever. Sussurros e mais sussurros eu podia ouvir, era obvio que alguns iriam usar o tempo em que eu estava escrevendo para conversar e bagunçar. Não me importei muito, deixei que eles se divertissem. Era a primeira aula, não havia porque pegar pesado com meus discentes. 

CONTEUDO DO QUADRO:

Atividade n°1

1º O que você entende por astronomia?
2º O que você considera que sejam as coisas que estão na parede?
3º Com o auxilio do livro, diga o que é:
a- Astronomia Observacional.
b- Astronomia Teórica.
4º De todas as imagens que passam na parede, escolha uma e escreva no mínimo cinco linhas sobre a mesma.

— Copiem e respondam, antes de saírem da sala coloquem os pergaminhos sobre minha mesa. Não esqueçam de colocar o nome e a casa de vocês neles, por favor.— Sentei-me em minha cadeira e esperei que o tempo passasse e a aula acabasse.
✖✖
avatar
Louise Y. Phantomhive

Idade : 22
Número de Mensagens : 2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Phantomhive, Ysefera Louise

Mensagem por Frei Gorducho em Ter 1 Jul - 20:36:04

Ficha Aprovada
avatar
Frei Gorducho

Idade : 20
Número de Mensagens : 14

Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=2723821360243379438

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum